Sabe aquela velha história de dois lados da mesma moeda?
Pois então. É bem assim que acontece.
Ela é uma só, é cara e é coroa.
Mas não é cara e coroa, simplesmente.
É cara! E é coroa!
Como a moeda não fica parada de pé, só deitada,
uma vez lançada, faz-se então a presepada,
pois quando sobre o solo ela deitar
somente um lado exposto vai ficar.
Será cara ou coroa?

pelo poeta residente, L. E. Vazper

Comente com seu perfil do Facebook