A profundidade exige cuidados…

Outro dia falei aqui sobre vivermos em uma era de superficialidades, momento histórico em que prevalece o fugaz, passageiro e raso. De dato, as pessoas, em geral, estão tomadas pelo sentimento pós-moderno e negam, em nome da superfície, a profundidade, tão característica à modernidade. Porém, acontecimentos do dia-a-dia demonstram que a profundidade exige cuidados, tanto no caminho de...

Expectativas

 “Quem não as tem(?) em verdade tem de não tê-las, Enfim… Tendo ou não tendo, mais cedo ou mais tarde terá de saber que elas nunca são.” pelo poeta residente L. E. Vazper