L. E. Vazper

Expectativas

 “Quem não as tem(?) em verdade tem de não tê-las, Enfim… Tendo ou não tendo, mais cedo ou mais tarde terá de saber que elas nunca são.” pelo poeta residente L. E. Vazper

Cara e/ou Coroa

Sabe aquela velha história de dois lados da mesma moeda? Pois então. É bem assim que acontece. Ela é uma só, é cara e é coroa. Mas não é cara e coroa, simplesmente. É cara! E é coroa! Como a moeda não fica parada de pé, só deitada, uma vez lançada, faz-se então a presepada,...

Esses dois…*

* Poesia captada das histórias contadas a um amigo recente. L. E. Vazper De certo, se combinaram, Quando vieram, não avisaram, Simplesmente chegaram e seus lugares tomaram…   O que veio antes era Miguilim Menina ou menino foi o que se perguntou Quando sabido dúvida não pairou Foi escolha certeira, de terra mineira, lá do...

As Cristinas* (por L. E. Vazper)

Belas meninas São as Cristinas Se viram Se uniram   Muito amigas São as Cristinas se juntam se viram   Um pouco confusas São as Cristinas se revezam se reforçam   Em sintonia Estão as Cristinas se pensam se falam   Quem são as Cristinas? Quem sonha… Quem quer… ora menina ora mulher!  

Se se olhou…*

Certeza olhou no espelho e não se viu. Em desespero foi-se a andar, não sabendo se havia alguém que lhe pudesse ajudar. Já desnorteada em busca de si, esbarrou com Dúvida, chegando inclusive a cair. Porque não me vi? Será que deixei de ser quem sou? Dúvida indignada, resperguntou ao se levantar: Mas quem é...